Como são os casamentos nos templos mórmons (os selamentos)? São secretos?

Anônimo,



One Response to “Como são os casamentos nos templos mórmons (os selamentos)…”


Webmaster de AllAboutMormons.com
July 20, 2009
Templo Mórmon
O templo mórmon em Salt Lake City, Utah.

Muitas pessoas querem saber mais sobre os casamentos mórmons que acontecem nos nossos templos. A cultura mórmon é distinta em muitos aspectos, inclusive no simbolismo que ela usa. Assim como casamentos na Índia diferem de casamentos no Brasil, da mesma forma os casamentos mórmons também são únicos. Indivíduos com mentes abertas celebrarão a diversidade cultural em vez de condenar as diferenças culturais. É verdade que suas cerimônias casamenteiras são muito sagradas para os mórmons, mas não são secretas. Deixe-me descrever o meu casamento no templo mórmon de Salt Lake City.

Antes da cerimônia casamenteira, chamada de “selemento” na cultura mórmon, minha esposa e eu sentamos juntos na sala celestial do templo. Assim como outras religiões ocidentais, os mórmons têm um senso de teologia sagrada. Além disso, no entanto, também temos um senso de espaço sagrado que talvez seja único. A sala celestial é o espaço mais sagrado no mormonismo, um lugar onde um membro da igreja pode comungar com Deus. Neste lugar silencioso e sagrado, minha esposa e eu sussurramos, conversando sobre o compromisso importante que estávamos para fazer.

Altar de Casamento no Templo Mórmon
Um altar de casamento no templo mórmon. Mórmons acreditam que quando se casa no templo, um casamento pode durar para sempre, mesmo após a morte.

Depois de poucos minutos, fomos chamados para a sala de selamento. A sala de selamento é dividida em duas partes. Em um lado há cadeiras para a família do noivo, e no outro lado há cadeiras para a família da noiva. No meio da sala há um simples altar. O noivo se ajoelha em um lado do altar, e a noiva se ajoelha no outro lado. Eles se encaram sob o altar, segurando as mãos uns dos outros durante a cerimônia.

Há grandes espelhos paralelos em duas paredes opostas da sala de selamento. Já que os espelhos são paralelos, eles se refletem entre si; quando o noivo e a noiva se miram nestes espelhos, podem ver a eternidade. A eternidade representada por um dos dois espelhos simboliza os muitos antepassados do casal, e a eternidade representada pelo outro espelho simboliza os seus descendentes. “Selamentos” ligam não só o noivo e a noiva, mas também os pais e os filhos. Assim os “selamentos” podem ligar todas as gerações humanas. Estas gerações infinitas são representadas pelas infinidades nos dois espelhos.

O noivo e a noiva não se vestem no smoking e vestido de casamento típico de um casamento brasileiro, mas sim na roupa tradicional associada com a cerimônia mórmon da “investidura”, pela qual ambos já teriam passado antes do “selamento”. Na cerimônia da investidura, o noivo e a noiva teriam feito promessas sagradas com Deus. Eles prometem dedicar-se a Deus, fazer a vontade divina e seguir Seus mandamentos. Como parte da investidura, o noivo e a noiva colocam roupa cerimonial sob suas roupas brancas do templo (calças e camisa para os homens, vestidos para as mulheres); estas roupas simbolizam seus novos compromissos feitos com Deus. O noivo e a noiva se vestem nas mesmas roupas cerimoniais durante o selamento como lembrança das promessas feitas com Deus na ocasião da investidura. Antes, eles fizeram essas promessas individualmente; com o “selamento”, eles aceitam as promessas como casal. Assim, um selamento mórmon não é apenas um acordo entre o noivo e a noiva, mas entre o noivo, a noiva e Deus.

Enquanto o noivo e a noiva se encaram sob o altar, a cerimônia começa. Um “padre”, chamado um “selador” na cultura mórmon, então começa com uma explicação pessoal, sob a influência do Espírito de Deus. Meu selador, por exemplo, descreveu os desafios de casamento e também as muitas bênçãos. Fiquei emocionado quando o selador disse que Deus aprovava de nosso casamento.

Depois desta explicação pessoal extemporânea, o selador fala algumas poucas palavras cerimoniais. Em vez de terminar a cerimônia com as palavras “até a morte se separam”, a cerimônia termina com as palavras “pelo tempo e por toda a eternidade”. Este aspecto de um selamento mórmon é bastante distinto. Mórmons acreditam que, se o selamento for feito por alguém que possui a autoridade para agir no nome de Deus, uma família pode durar não só por esta vida, mais por toda a eternidade. Mesmo depois da morte, o marido e a mulher podem continuar juntos; podem progredir e aproximar-se mais a Deus através da graça de Jesus Cristo, sempre juntos. O conhecimento que minha esposa e eu podemos estar juntos para sempre me traz muita alegria. Sou tão grato por minha esposa, e sou muito grato que Deus tem nos dado a oportunidade para estarmos juntos para sempre.

Depois da cerimônia, muitos mórmons trocam anéis, embora isso não faça parte do selamento oficialmente e não é requerido. O noivo e a noiva então ficam de pé na sala de selamento, e as famílias de ambos passam para abraçar e oferecer palavras de conselho. Depois de tirar as roupas cerimoniais, o noivo e a noiva saem do templo de smoking e de vestido de casamento. Geralmente as famílias dos dois tiram fotos nos jardins ao redor do templo.

Para os com mentes fechadas que gostam de condenar as culturas alheias, o selamento mórmon talvez apareça estranho. Mas para os mórmons, é uma maneira bela e altamente simbólica para começar uma nova vida como um casal dedicado a Deus. Valorizo tanto o meu casamento no templo. Meu selamento foi um dos eventos mais sagrados da minha vida.

Leave a Comment





 
(Seu e-mail nunca será publicado)


letras restando
moose