Apostasia/Restauração

A Grande Apostasia

Como foi mencionado à cima, quando Joseph Smith perguntou à Deus com a qual igreja deveria afiliar-se, Deus lhe respondeu que nenhuma igreja então existente possuía a autoridade divina de agir em nome de Deus. Nenhuma igreja então existente tinha a plenitude do evangelho de Cristo. Quando Cristo andava na terra, no entanto, Ele estabeleceu a Sua igreja. O que aconteceu com essa igreja original? Se a igreja então possuía a autoridade de agir em nome de Deus, como foi essa autoridade perdida? Como foram os ensinamentos originais daquela igreja primitiva alterados? ()

Cristo pessoalmente estabeleceu a Sua igreja original na Israel antiga. Ele sabia que líderes inspirados tinham que ser chamados para se comunicar diretamente com Deus para prevenir que os homens–mesmo homens com boas intenções–introduzissem as suas próprias filosofias em Seu evangelho. Então, antecipando a Sua morte, Cristo chamou profetas e apóstolos e deu-lhes autoridade para servirem como porta-voz e agir em nome de Deus, autoridade essa que os mórmons chamam de “sacerdócio”.

A última ceia do Senhor Jesus

Depois da morte de Cristo, os profetas e apóstolos continuaram a se comunicar com Deus e a liderar a igreja de acordo com instruções divinas. Eles trabalhavam arduamente para preservar os ensinamentos da igreja original, mandando epístolas para congregações cristãs distantes e visitando-as quando possível, tudo numa tentativa de prevenir a introdução das filosofias dos homens nas doutrinas originais de Cristo. Estes antigos líderes eclesiásticos, no entanto, enfrentavam desafios significantes. Primeiro, as várias congregações cristãs eram muito distantes umas das outras e viagem era limitada pela tecnologia do primeiro século. Era difícil para os líderes eclesiásticos antigos visitarem as várias congregações com a freqüência requerida para prevenir que as idéias falsas se introduzissem. Segundo, os próprios profetas e apóstolos eram ativamente perseguidos, complicando ainda mais uma situação já desafiadora.

Porém, estes líderes reconheciam–por meio de simples observação e por meio de revelação divina–que preservar a igreja cristã original seria impossível. Como ensinou o apóstolo Paulo, “Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas prórprias cobiças, como que sentindo coceiras nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas”. (2 Timótio 4:3)

A perseguição dos profetas e apóstolos eventualmente resultou nas suas mortes como martírios. Com os seus falecimentos, a autoridade de agir em nome de Deus não se encontrava mais na terra e a comunicação profética-apostólica direta com Deus acabou. Assim começou o que mórmons chamam de “a grande apostasia”, ou o grande afastamento da verdade.


Apostasia e Restauração
Sem revelação de Deus, os homens–a maioria com boas intenções–tiveram que tentar preservar os ensinamentos originais de Cristo sozinhos. Os Mórmons respeitam estes antigos “pais da igreja” como pessoas retas que lutaram para manter viva a tradição cristã, mesmo diante de desafios tremendos. Sem comunicação direta com Deus, a invasão das
filosofias e da política humana foi inevitável, mas mesmo assim estes homens trabalharam nobremente e assim preservaram muitas das verdades que Cristo introduziu durante o Seu ministério mortal.

Mórmons também respeitam os grandes reformadores cristãos, homens honestos que tentaram corrigir as filosofias humanas errôneas que tinham invadido a religião cristã. No entanto, muitos destes cristãos protestantes originais reconheceram que, assim como seus
predecessores, também não tinham a autoridade de agir em nome de Deus; Ao contrário, eles simplesmente estavam fazendo o melhor possível já que a revelação direta de Deus não era então existente. Roger Williams era um destes. Depois de fugir da colônia americana de Massachusetts Bay, Williams fundou a colônia de Rhode Island. Chamou a
sua sede de “Providência”, indicativo de sua busca para a igreja original do Novo Testamento, uma busca que levou a vida toda. Disse Cotton Mather, “O senhor Williams finalmente disse aos seus seguidores que, sendo ele mesmo enganado, ele os tinha enganado também… ele tinha se convencido de que não havia ninguém na terra que poderia administrar o batismo ou quaisquer outras ordenanças do evangelho, então os aconselhou que abandonassem tudo e esperasse a vinda de novos apóstolos”.

A Restauração

A restauração da igreja antiga: de forma simples
Foi com este pano de fundo histórico que na primeira metade do século XIX Deus escolheu restaurar a Sua igreja original. Primeiro, Deus novamente chamou um profeta, Joseph Smith. Depois, a autoridade de agir em nome de Deus–o “sacerdócio”–também foi restaurada. Finalmente, doze apóstolos foram chamados, indivíduos que, como o profeta, receberam revelações de Deus para o beneficio da igreja. Através deste processo revelatório profético-apostólico, Deus tem clarificado aqueles antigos ensinamentos bíblicos que são difíceis de interpretar. Ele tem revelado princípios adicionais que ou os antigos cristãos não conheciam ou que não foram incluídos na nossa Bíblia moderna. Ele tem ensinado como aplicar corretamente princípios antigos bíblicos nas nossas vidas modernas.
(Escrituras: A Restauração)

Por causa da revelação moderna, a igreja hoje não é estática. Embora respeitemos a Bíblia e o Livro de Mórmon como antigos textos inspirados por Deus–embora nos esforcemos para aplicar os ensinamentos destas escrituras antigas nas nossas vidas modernas–também reconhecemos um corpo de escrituras modernas crescente, revelação moderna dada aos profetas modernos com grande relevância moderna. Se você está interessado em visitar uma congregação mórmon para entender melhor como é a igreja restaurada de Jesus Cristo, a igreja providencia um localizador on-line de capelas SUD. Antes de visitar uma de nossas capelas, talvez queira visitar esta página, que inclui uma descrição de nossas reuniões dominicais. ()
(Escrituras: Isaías Profetisa sobre os Últimos Dias)

16 Respostas para “Apostasia e Restauração Mórmon”


Deixe um Comentário





 
(Seu e-mail nunca será publicado)


letras restando